Desco(n)vidamos


Os “jotinhas”, à semelhança do que esperamos ter acontecido com o resto da população, estiveram fechados em casa, numa clara anuência ao declarado estado de emergência devido à pandemia Covid-19.



O que decidiram?


Aproveitar o tempo e passar para um documento word aquilo que têm vindo a refletir. A visão de uma enfermeira in loco, de um estudante regressado do continente e de uma psicóloga clínica e da saúde , são alguns dos textos que poderás ver aqui publicados abaixo.
24/06/2020

Regressar aos Açores em tempo de pandemia – Luís Raposo

Se “ Sair da ilha é a pior maneira de ficar nela” voltar é a compensação de qualquer sentimento saudoso. Costumo dizer que o melhor aeroporto […]
21/06/2020

Ser jovem açoriano em tempo de pandemia – Mafalda Ponte

Se nos perguntassem há um ano se imaginávamos tudo aquilo que estamos a viver, dificilmente alguém conseguiria adivinhar. Aprendemos sobre pandemias nos livros de história, na […]
12/06/2020

Covid-19, a estrela mundial – Vitória Silva

A Covid-19 chegou aos poucos a todo o mundo de uma forma exponencial, sem dar tréguas a qualquer preparação necessária. Em Portugal, e como bom cidadão […]